Apresentações


PALESTRA MAGNA: “Gestão Orçamentária e Financeira: Perspectivas e Desafios”

Palestrante: Márcio Luiz de Albuquerque Oliveira (Secretário-Adjunto da Secretaria do Orçamento Federal - SOF)


PAINEL 1: “Internacionalização da Contabilidade e seu Reflexos no Controle e Qualidade do Gasto no Setor Público”

Painelista: Leonardo Silveira do Nascimento (Coordenador-Geral de Normas de Contabilidade Aplicadas à Federação da STN e membro do IPSASB)


PAINEL 2: “Mensuração de Políticas Públicas: Casos Práticos”

Painelista: Miguel-Santiago Oliveira (Coordenador de Gerenciamento Financeiro do Departamento de Mobilização e Gestão de Recursos Públicos do Banco Mundial)


PAINEL 3: “Evolução do Sistema de Custos no Âmbito do Governo Federal” *

Painelistas: Éder Sousa Vogado (Gerente de Informação de Custos da STN) e Guiliano Passos (Gerência de Informação de Custos da STN)

*Apresentação do Portal de Custos do Governo Federal


PAINEL 4: “Qual o nível de maturidade dos estados para implantar a gestão por custos? Resultados iniciais da avaliação MD GEFIS”

Painelista: Maria Cristina Mac Dowell (Especialista Líder Fiscal – Banco Interamericano de Desenvolvimento – BID)


PAINEL 5: “Transparência e qualidade do gasto no setor público”

Painelistas:
Antoinette Musilek (Conselheira de Finanças da Embaixada da Espanha no Brasil), abordando o subtema “Transparência, qualidade do gasto e controle social: a experiência espanhola”
Fábio Silveira (Secretário de Estado Adjunto da Controladoria-Geral do RN) e Karlla Mendonça (Analista da Controladoria-Geral da União – CGU), abordando o subtema “Lei de Acesso à Informação como instrumento de melhoria da eficiência e eficácia na gestão pública”


PAINEL 6: “Experiências dos Entes Federativos: Eficiência no Setor Público e Qualidade do Gasto”

Painelistas:
Graziela Meincheim (SEFAZ-SC), abordando o subtema “O Novo Modelo de Transparência do Estado de Santa Catarina”
Itamar Gomes (SEFAZ-BA), abordando o subtema “A Evolução da Gestão de Custos nos Estados do Brasil: a Experiência da Bahia”
Ricardo Rezende (SEFAZ-GO), abordando o subtema “O Aprimoramento da Gestão da Conta Única do Tesouro Estadual através do controle contábil das disponibilidades financeiras: A Experiência do Estado de Goiás”


PAINEL 7: “Experiências dos Entes Federativos: Eficiência no Setor Público e Qualidade do Gasto”

Painelistas:
João Eudes (TCE-PE e ABCP), abordando o subtema “A importância da Informação Contábil (de qualidade) para o exercício do Controle Externo”
Antonio Ed Souza Santana (TCE-RN), abordando o tema “Transparência, Controle Interno e Controle Social - Instrumentos para Prevenção da Corrupção”


PAINEL 8: “Eficiência, eficácia e qualidade dos gastos públicos nas estatais: o caso da Caixa Econômica Federal”

Painelista:
Carlos Alberto Zachert (Superintendente Nacional de Monitoramento e Avaliação de Resultados da Caixa Econômica Federal)


PAINEL 9: “A importância dos instrumentos legais de definição financeira das políticas públicas (PPA, LDO, LOA)”

Painelistas:
André Carvalho (Diretor jurídico da Federação dos Hospitais Filantrópicos de Pernambuco e consultor jurídico na área do terceiro setor) abordando o subtema “Parceria e contratualizações com a sociedade civil organizada: legalidade, redução de custos e eficiência dos gastos públicos”
Marcelo Marinho (Presidente da Câmara de Mediação e Arbitragem do Rio Grande do Norte - CMAR) abordando o subtema “Soluções de Conflitos do ente Público pela via da Mediação Extrajudicial e da Arbitragem”


PAINEL 10: “Distorções do Sistema tributário Brasileiro e seus impactos no desenvolvimento nacional”

Painelistas:
André Horta (Secretário de Tributação do RN) e Nelson Machado (ABCP)


PAINEL 11: "Contabilidade, Informação de Custos e Qualidade do Gasto na Perspectiva dos municípios: Nível de Maturidade de Adoção do Plano de Contas Aplicado ao Setor Público (PCASP) e no Plano de Implantação dos Procedimentos Contábeis Patrimoniais (PIPCP) Municipal"

Painelistas:
Diana Vaz de Lima (Universidade de Brasília – UnB e ABCP) e Michele Patrícia Roncálio (CRC-SC e ABCP)

-->




Em sua 7ª edição o congresso CQ está sendo fomentado pelas seguintes instituições:


Realização e Apoio

Instituto Social Iris
ABCP
REDE CQ
CONTROL
FONDFC
Embaixada Espanhola
BID
GEFIN
Tesouro Nacional
Banco Mundial

Patrocínio

CAPES
Caixa Econômica Federal
Governo Federal

Parceiros


CRCRN
CRCSC
SESCON-PA